Manutenção dos elevadores

Manutenção dos elevadores - Seu Condomínio (sistema de administração de condomínios, site de condomínio, condomínio web, software para gestão/administração de condomínio,aplicativo para condomínio) pensando sempre no melhor para o morador, síndico, zelador, porteiro e todos que estão de uma forma ou outra relacionados a um condomínio!Na maioria dos condomínios verticais (tanto os comerciais quanto os residenciais), os elevadores são utilizados, diariamente e com muita frequência, por moradores, funcionários e visitantes. Tal uso, pode culminar no desgaste das peças, cabos e da caixa utilizada para transportar os moradores. Justamente pelo fato de ser muito utilizado, deve-se tomar um cuidado mais que especial ao firmar contratos de compra e manutenção dos elevadores, afinal de contas, em alguns prédios, a utilização dos elevadores pode superar a marca de mais de 100 viagens diárias (basta pensar nos prédios verticais que têm mais de 10 andares).

Os contratos de locação e manutenção dos elevadores costumam render um custo muito alto para o orçamento mensal do condomínio. Quando é danificado, as empresas que cuidam e oferecem os serviços de manutenção dos elevadores, devem suprir as necessidades da máquina (peças, cabos, socorro a possíveis vítimas presas dentro do mesmo).

Manutenção dos elevadores - Seu Condomínio (sistema de administração de condomínios, site de condomínio, condomínio web, software para gestão/administração de condomínio,aplicativo para condomínio) pensando sempre no melhor para o morador, síndico, zelador, porteiro e todos que estão de uma forma ou outra relacionados a um condomínio!

Quando o elevador quebra, os moradores vão, com toda a fúria, para cima do síndico. Este, por sua vez, se vê de mãos atadas caso não tiver um contrato de manutenção, ou uma empresa que possa prestar o serviço de manutenção, resgate de acidentados e substituição de peças. Quando não tem o contrato, o síndico, geralmente, deve liberar uma alta quantia para a resolução dos problemas.

Ao firmar um contrato com uma empresa prestadora de serviços de manutenção, o síndico (ou a administradora, caso existir) deve-se atentar aos seguintes pontos:

  • Os prédios novos, por terem um equipamento recente, poderá negociar com a prestadora de serviços, um valor um pouco menor;
  • A prestadora deverá ter um engenheiro ou técnico de plantão para eventuais imprevistos;
  • Atenção as empresas que cobram pouco pleo serviço, pois os elevadores implicam em um assunto sério, ligado diretamente à casos de vida ou morte das pessoas que fazem uso do elevador. Se uma empresa oferecer um contrato com preço baixo de mais, é melhor se informar sobre a mesma no PROCON da região, quanto a reclamações de outros clientes;
  • A empresa deve vistoriar, mensalmente, o(s) elevador(es) do prédio, como forma de conservação do patrimônio assegurado no contrato;
  • Faça uma pesquisa nos prédios vizinhos sobre empresas que possam oferecer um bom serviço de manutenção.
  • Há uma diferença entre contrato de manutenção e os de conservação. O primeiro previne o contratante a respeito de peças de substituição. O segundo é referente à conservação do elevador.
Em 2014, um jovem estudante de arquitetura, morreu logo após ter entrado na parte de dentro de um elevador da universidade onde estudava. O seu corpo foi prensado entre o piso do elevador e piso do andar por cerca de 35 minutos. Ele chegou a ser socorrido no local, porém não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo por asfixia.
Fonte: SeuCondominio

Viva o Condomínio

Contato

R. das Paineiras, com Av das Castanheiras • Lote 06 Torre B • 6º andar • Sala 604 • Águas Claras • Taguatinga - DF


(61) 3046-3600
(61) 98122-4590
(61) 98339-0023


atendimento@garantebrasilia.com.br

© Garante Brasília. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Seens Tecnologia da Informação.