Administradora: braço direito do síndico

Toda a parte técnica da administração do condomínio deve, de fato, ficar a cargo da administradora, que tem estrutura e recursos para executar as centenas de atividades e se mantém atualizada em termos de sistemas, leis e normas.

E para isso o síndico tem respaldo na lei: o artigo 1.348 do Código Civil permite a transferência das funções administrativas.

José Roberto Graiche Júnior ainda destaca o “pulo do gato”, um componente que somente a administradora tem: a compilação da vivência de outros condomínios administrados.

“Essa é a maior riqueza de uma administradora: a experiência de viver a operação e os conflitos dentro de centenas de condomínios. Nós sabemos a melhor forma de conduzir as situações para atender bem toda a comunidade de cada condomínio. Tirando a pandemia de COVID-19, nada é fato novo, nada nos pega de surpresa”, afirma o presidente da AABIC.

Outro fator importante é a imparcialidade da administradora, salientada por Graiche.

“Tratamos as situações de forma independente dentro de um condomínio, zelando pelo funcionamento e cumprimento das regras, sem tendências. Por exemplo, se não conduzirmos ou mediarmos bem um conflito entre vizinhos, corre-se o risco de colocar a operação em uma zona de guerra entre os moradores”, destaca.

Para o síndico profissional Claudio Gonçalves, é imprescindível que as administradoras tenham agilidade para dar o suporte que o síndico precisa, em especial no envio de informações estratégicas para a gestão e no atendimento e envio de respostas ao morador.

Quando um novo síndico assume o cargo, Graiche explica que a boa prática da administradora é marcar reunião para colocá-lo a par do funcionamento do condomínio e para ele inteirar de toda parte burocrática.

“A administradora é a memória viva do condomínio. Em uma troca de síndico, não se perde o fio da meada com o nosso auxílio nessa transição, dando continuidade à administração. Quando é um síndico inexperiente, instruímos, fornecemos cartilhas, damos consultoria”, explica o presidente da AABIC.

Fontes consultadas: José Roberto Graiche Júnior (AABIC), Claudio Gonçalves (síndico profissional) e Décio Tenório (Grupo Souza Lima).

via sindiconet.com.br

Viva o Condomínio

Contato

R. das Paineiras, com Av das Castanheiras • Lote 06 Torre B • 6º andar • Sala 604 • Águas Claras • Taguatinga - DF


(61) 3046-3600
(61) 98122-4590
(61) 98339-0023


atendimento@garantebrasilia.com.br

© Garante Brasília. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Seens Tecnologia da Informação.